Limpe o seu CACHE para poder ver o fórum Play - Games normalmente! Pressione CTRL + F5


    Max Payne 2 Completo (PC)

    Compartilhe

    Danilo™
    Administrador
    Administrador

    Masculino
    Número de Mensagens : 1324
    Idade : 22
    Páis : Brasil
    Meu Humor :
    Troféu :
    : 999
    : 999
    : 999

    Baú :
    Moedas: 9999
    Data de inscrição : 11/04/2008

    Max Payne 2 Completo (PC)

    Mensagem por Danilo™ em Qua Jun 11, 2008 5:18 pm


    “Um clássico que não caiu no
    esquecimento”

    A história do game mostra que Payne tornou-se um policial
    triste e amargurado após ter perdido sua família, fato ocorrido no game
    anterior, mostra também que o protagonista envolve-se novamente em uma relação
    amorosa, mas não consegue de maneira alguma esboçar um sorriso.

    Jogo com
    ar de filme
    Max Payne 2, pode ser considerado um clássico na história dos
    games, você não tem a impressão de estar jogando e sim assistindo a um filme ou
    seriado.
    O jogador não entende nada o que se passa em seu redor no início do
    jogo, tem como informação somente as recordações que volta e meia voltam à tona
    na memória do personagem principal, isso, claro, aguça a curiosidade do jogador
    em saber o porquê de tudo aquilo estar acontecendo. Na medida em que o jogador
    avança, vai descobrindo organizações criminosas, traições e reencontra “velhos
    amigos”, tudo isso monta o engenho de um enredo envolvente, que com certeza
    atrai a maioria dos jogadores.

    O ar depressivo que o game possui é
    notável, a começar pela cidade em que se passa a trama, uma Nova Iorque chuvosa
    que não vê o raiar do sol. Os diálogos são negativos, cheio de histórias
    interminadas e mistérios. Não se vê durante o jogo todo um sorriso que seja de
    alegria, somente são utilizados para expressar ironia.

    Para quebrar um
    pouco esse clima, o game trás algumas partes cômicas. Por exemplo, em algumas
    situações é possível espreitar os bandidos imitando mulheres ricas e esnobes, em
    outras, ouvir um ladrão contando paro outro o fora que tomou da namorada, é
    difícil conter o riso quando essas coisas aparecem.

    A História
    Tudo se
    inicia em um hospital, Payne está gravemente ferido, e sabe que precisa fugir,
    só não se lembra o porque. Após livrar-se dos aparelhos o controle passa a ser
    do jogador, na medida que o jogo avança, Max vai tendo fracas recordações de
    tudo que passou até chegar ali, e após algumas tonturas e “flashbacks”, se
    depara com o cadáver de Detetive Winterson, que ele próprio havia matado, a
    partir daí, Payne começa a contar seu trajeto até chegar ao hospital, então, a
    verdadeira ação começa para o jogador.

    Max Payne havia retornado a
    policia de Nova Iorque após passar algum período trabalhando contra o tráfico de
    drogas, está fazendo a ronda em uma noite, até que recebe uma ocorrência de
    disparos em um antigo galpão, ao ir até o local, Payne começa a se envolver em
    uma história misteriosa, que vai sendo desvendada na medida que o jogador
    avança.

    “Bullet Time” e “Quadrinhos”
    Duas coisas que chamam a atenção
    no jogo, são o efeito Bullet Time, e as tiras de quadrinhos que aparecem durante
    a transição de fases.
    O Bullet Time, fez muito sucesso na época do lançamento
    do game, com apenas um clique o jogador pode, por alguns segundos, manter tudo
    ao seu redor em câmera lenta, e até mesmo desviar das balas, é muito divertido
    no começo, porém após algumas utilizações do recurso, não é incomum o jogador
    acioná-lo apenas por necessidade.
    As tiras de quadrinho foi uma boa aposta da
    Rockstar, pois apesar do jogo possuir um sistema de cutscenes muito bom, Max
    Payne 2, teve como sua marca registrada, os quadrinhos.

    Dificuldade?
    Nenhuma!
    Definitivamente, dificuldade não é o forte de Max Payne 2, as fases
    são bem curtas, ao todo, o jogo tem 24 fases divididas em 3 partes, porém, 3 são
    prólogos e outras 3 são pesadelos, nesses capítulos não existe nenhum desafio,
    ou ameaça ao jogador... Servem apenas para dar sentido ao enredo, com isso, o
    jogo na verdade possui 18 fases.
    O jogo pode ser facilmente finalizado em 12
    horas, sem nenhum problema.

    Jogabilidade
    A jogabilidade do game é boa,
    tendo em vista que games em 3º pessoa costumam serem complicados a adequação do
    jogador. Em Max Payne 2, com uma ou duas fases de jogo, o jogador já está
    completamente “entrosado” com o estilo e velocidade da câmera, além dos
    movimentos do personagem, quando as teclas são acionadas.
    O protagonista é
    bem ágil, isso atrapalha um pouco, pois em algumas situações pode-se morrer de
    bobeira, como, por exemplo, andar no meio fio de uma sacada a 10 andares do
    chão, um aperto mais forte no botão e tudo pode ir a ruína, porém, em outras
    situações, essa rapidez pode ser útil, como quando se é necessário fugir, ou
    chegar em algum lugar antes que seja tarde demais.

    Gráficos
    Os
    gráficos do jogo são excelentes, por ser um jogo de 2003, hoje em dia poderia
    desanimar os jogadores a jogá-lo, já que atualmente temos Elder Scrolls IV,
    Battlefield 2142, etc. Mas não é isso que acontece, os gráficos de Max Payne 2
    foram tão bons pra época, que até os dias de hoje são aceitáveis aos
    jogadores.
    As expressões faciais também são boas, apesar de não serem muito
    visíveis durante a ação do jogo, podem ser bem observadas muito bem nas
    cutscenes.

    Sons
    Os efeitos sonoros são bons, apesar de limitados,
    tiros, sirenes, freadas de carros, e claro, a chuva e os trovões foram bem
    reproduzidos, a trilha sonora, com base em “Late goodbye” foi bem associada ao
    game, além do solo no violino, que acompanha o jogador em todos os
    momentos.

    Inteligência Artificial
    A Inteligência Artificial do jogo é
    o ponto mais fraco do game... Seus inimigos são burros, não sabem se esconder,
    os personagens não jogáveis (NPCs) só entendem algo a sua volta quando algum
    inimigo aparece no cômodo, ou ficam em seu campo de visão, isso deixa o game
    muito fácil.

    Conclusão
    Bem, existem games que passam e ninguém nota,
    outros que passam e todos desejam esquecer, e existem os clássicos, que é o caso
    de Max Payne 2.
    Um jogo com uma história bem elaborada, com os melhores
    gráficos pra sua época e que arrasta milhares de fãs pelo mundo, com certeza
    mereceria uma continuação, desfrutando das novas tecnologias disponíveis e com
    uma I.A melhor. Porém, beirando 6 anos do lançamento desse belíssimo jogo, a
    cada dia que passa, a esperança de um novo título para série parece mais
    distante, o que é uma pena.

    SITE COM A TRADUÇÃO: www.gamevicio.com.br

    Download
    Pelo Rapidshare:

    Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6 | Parte 7 | Parte 8 | Parte 9 | Parte 10 | Parte 11 | Parte 12 | Parte 13 | Parte 14 | Parte 15 |
    Parte 16 | Parte 17 | Parte 18 | Parte 19 | Parte 20 | Parte 21 | Parte 22 | Parte 23 | Parte 24 | Parte 25 | Parte 26 | Parte 27 | PArte 28


    _________________
    Danilo™





    http://s10.bitefight.com.pt/c.php?uid=58158

    rodrigo
    Membro **
    Membro **

    Masculino
    Número de Mensagens : 160
    Idade : 23
    Páis : Brasil
    Meu Humor :
    Troféu : <br>: 000: 000 : 000<br/>
    Baú :
    Moedas: 0000
    Data de inscrição : 02/06/2008

    Re: Max Payne 2 Completo (PC)

    Mensagem por rodrigo em Qua Jun 11, 2008 8:17 pm

    Exelente

      Data/hora atual: Sab Dez 10, 2016 1:31 pm